Vi riportiamo testualmente ed in lingua originale la prima relazione di Suor Valeria del distretto sanitario di Nhacra a testimonianza del nostro impegno e del loro operato nella regione di Oio in Guinea Bissau.

E come dice un proverbio africano:
“Se vuoi andare veloce vai da solo, se vuoi andare lontano andiamo insieme”.

 

1° Relatório do Centro Sanitário Madre M. Catarina Troiani. 

Ano de 2015.

Generalidades:

A estrutura, situada na Região de Oio, setor de Nhacra, encontra-se no terreno de propriedade das Irmãs Franciscanas Missionarias do Coração Imaculado de Maria, na tabanca de Nhacra Teda a construção do edifício que iniciou em Fevereiro de 2013.

Graças à Divina providencia e a tenaz vontade de Ir. Luigina e Ir. Sílvia e a colaboração de cristãos de Fé, a obra pode avançar com surpreendente rapidez.

O setor de Nhacra é muito carente de estruturas e serviços sanitários capazes de dar resposta às necessidades dos habitantes estimados em 25. 560.

Os tímidos inícios.

O envio de Ir. Valeria Amato em Setembro de 2015, facilitou o seguimento e avanço das obras de construção e ao mesmo tempo foi despertando no povo a vontade de aproximar-se da estrutura ainda em obras, pedindo assistência.

O primeiro atendimento, datado de 28 de Novembro, foi uma criança que o pai trouxe com um ferimento sangrante a um pé. No local havia material de construção, mas nada para a assistência. Foi-lhe feito um tamponamento com um pequeno pano e, na esperança de poder encontrar alguém que pudesse ajudar-nos com material adequado, solicitamos que voltasse no dia seguinte.

Veio pontualmente, mas não sozinho.  Atras dele vinham mais três exibindo ulceras infeciosas múltiplas. No dia seguinte eram 10, depois 15 e depois dezenas. E, com as ulceras, outras tantas patologias. Procurar e encontrar meios para dar respostas adequadas foi o nosso desafio.

Os mesmos pedreiros viram-se desafiados a apressar os trabalhos e em 15 dias ultimaram 02 quartos cuja posição teria facilitado o atendimento em quando a construção iria avançando

No final de 2015, o serviço do ambulatório configurava-se, de um lado pelo avançar silencioso e satisfeito do povo do outro pelo imperativo em nós de procurar e dar respostas em nome da caridade cristã.

Ano de 2016.

Com o inicio do ano de 2016 para nós, Ir. Fr. Miss. CIM, os desafios delineavam-se com clareza:

  1. terminar ao menos, as obras de construção do edifício principal;
  2. construir o edifício dos serviços gerais;
  3. Construção do deposito e realização do furo da água;
  4. Solicitar o conhecimento oficial do Ministério da Saúde;
  5. Identificar técnicos e facilitar o engajamento;
  6. Estar atentos a demanda local e dar respostas oportunas e competentes.

Em 31 de Dezembro 2016, olhávamos, como que por encanto, a plena realização dos primeiros 4 itens acima mencionados e, em andamentos, os últimos dois.

Assistência medica e medicamentosa

Serviços identificando como prioridade:

3.1° Ação integrada das doenças da infância com:

  • Consultas de pediatria;
  • Prevenção da transmissão de Mãe para filho;
  • Seguimento das Crianças com VIH/SIDA;
  • Identificação e definição do estado nutricional;
  • Recuperação dos desnutridos graves (DAG);
  • Recuperação dos desnutridos moderados (DAM);
  • Vigilância nutricional e prevenção da desnutrição cronica.

3.2° Consultas de Pré-natal com particular atenção ao PTMF (prevenção da transmissão de Mãe p. Filho)

3.3° Consultas e seguimento de adultos com particular atenção às:

  • IST (doenças sexualmente transmissíveis),
  • VIH/SIDA,
  • Tuberculose
  • Hipertensões
  • Diabete, etc.

O trabalho assistencial, em conformidade aos protocolos nacionais, foi possível graças aos apoios dos programas do MINSAP finalizados ao apoia nutricional das crianças, e ao diagnostico e seguimentos no paludismo, VIH/SIDA, Tuberculose, Saúde Materna.

Muito nos valeu o encorajamento, colaboração e amizade com o Centro de Saúde de Nhacra e a estrutura Regional situada em Mansoa.

Segue as Estatísticas do serviço de ambulatória: 

Serviço de Pediatria N° DE CASOS
Consultas 3.347
Seguimento Crianças c. desnutrição grave 95
Seguimento Crianças com desnutrição moderadas. 106
Seguimento de Crianças na prevenção da transmissão de Mãe a filho. 16
Serviço de Pré-natal N° de Casos
Consultas 902
Gestantes c. VIH/SIDA seguidas em PTMF 55
Assistência aos Adultos N° de Casos
Consultas 4.275
Pacientes c. VIHA/SIDA seguidos com ARV 225
Hipertensões em seguimento 56
Seguimento Pacientes. c. diabete 08

Assistência Alimentar

Apoio ao programa da UNICEF para recuperação de Crianças com desnutrição grave “CRENAG”

Crianças introduzidas no programa Plumpy Nut        utilizados
95 Unidades            12.750

Apoio ao Programa PAM para a prevenção da desnutrição cronica moderada no setor.

Distribuição de PLUMPY DOZ nos meses de Março a Agosto

N° Tabancas Crianças de 6 a 23 meses. beneficiadas Plumpy doz distribuídas
39 1.025 Formados individuais 8.200

Apoio ao Programa PAM para distribuição de SUPERCEREAIS para os objetivos acima mencionados, nos meses de Outubro e Novembro 2016.

N° tabancas Crianças de 6 a 23 meses. beneficiadas Supercereais   formado 1,5 kg
39 1.334 5.335

Apoio ao Programa PAM para o tratamento da desnutrição Moderada nas crianças identificadas no serviço de ambulatório nos meses de Abril a Agosto e Outubro a Dezembro:

N° Crianças assistidas Total Plumpy Doz Total Supercereais
145 Potinhos 2.320 Saquinhos de 1,5 Kg. 1.740

Assistência alimentar às crianças de 6 a 23 meses por iniciativa do ambulatório na ausência de disponibilidade de produtos do PAM ou complementar.

Crianças Milho Preto Açúcar Creme pasteurizado Leite Cabaceira Arroz
158 1.400 kg 500 kg 100 kg 200 kg 20kg 1.500kg

Serviço de Diagnostica.

Estamos convencidos da necessidade de dispor, para o setor, do serviço de laboratório de Analises clinicas.

Enquanto ainda não dispomos temos vindo a remediar com testes por stik. Assim realizamos:

Testes Rápidos p. Malaria 1.747
Casos de Paludismo 113
Determine para o VIH 940
Casos de VIH + e relativa confirmação 239
Glicemia 189
Multistik p. Urina 10 parâmetros 254 

 

Assistência Farmacêutica:

Somos gratos ao:

  • PNLP (Programa Nacional de luta contra o Paludismo) pelo apoio em testes e medicamentos para o paludismo  pelo qual podemos tratar com sucesso todos os caso.
  • SNLS (Secretariado Nacional de luta contra o Sida) pelo apoio em testes para o diagnostico e tratamento com Antirretrovirais e doenças oportunistas. Os doentes reconhecem os benefícios.

E para o conjunto das outras varias patologias, tem sido nossa preocupação, envidar todo o esforço para manter disponíveis medicamentos essenciais a fim de favorecer os doentes atendidos no serviço.

  • Temos contado e somos gratos à CECOM e algumas farmácias à grosso.
  • Nossa gratidão vai a ONLUS “Centro Missionário Medicinali cuja colaboração vem sendo realmente eficaz.
  • A particular gratidão dirige-se à Onlus Mujer y Madre pela doação do autoclave e vários outros materiais sanitários essenciais.

Pessoal:

Pessoas poucas e simples mas de grande espirito de colaboração e coração bom. Comungam juntamente comigo o anseio de bem servir aos doentes.

Médicos 01
Enfermeiros 03
Manutenção 01
Limpeza 02
Motorista 02
Guardas 03

Datas e acontecimentos importantes.

 Primeiro entre todos:

01 de Setembro de 2016, atendendo a nossa solicitação com rapidez, o então, Sr. Ministro da Saúde, Dr. Domingos Malù, juntamente com todo o seu seguido e presença das autoridades regionais e setoriais, efetuou a visita oficial de reconhecimento da estrutura sanitária e deu inicio à colaboração entre as partes, no que diz respeito a colocação de pessoal profissionais competente.

Com satisfação recebemos visitas de amigos colaboradores e com os quais esperamos o concretizar-se de futuras colaborações. São eles: Dr. José Furtado e membros da equipa de genecologia vindo à Guiné-Bissau em missão de serviço e Dr. Luiz e equipa de oftalmologia, também vindos à Guiné-Bissau em missão de Serviço.

Muitos outros amigos e amigas nos alegraram com suas vindas.

Entre as visitas da maior significação da Itália, registamos

A visita da nossa representante junto ao conselho geral, Ir. M. Paola Fortunio.

Visitando-nos, disponibilizou um dia inteiro. Viu, ouviu, alegrou-se, encorajou-nos, uniu-se a nós. Realmente fortificou-nos.

Em 23 de Dezembro recebemos a visita de Walter e Michela, representantes da associação “Comitato in Bianco e Nero”, ligados com grande empenho desdês muito tempo.

 

Previsões para 2017.

  1. Desejamos e pedimos ao Senhor para que as nossas superioras maiores consigam formar a fraternidade estável na nova missão.
  2. Esperamos ansiosamente a licença por parte das nossas superioras maiores para que possamos preparar o serviço de maternidade, mesmo sabendo que o seu funcionamento pleno só poderá ser possível quando da formação e presença de uma fraternidade estável.
  3. Esperamos a breve, a chegada e instalação do serviço de Laboratório.
  4. Serviço de Ecografia.
  5. Aguardamos equipamentos para a cozinha e lavandaria tais como: armários, lava-louça, maquinas de lavar roupas, geladeiras, arcas, etc.
  6. Continuamos a contar com a Divina Providencia e a ajuda dos irmãos amigos para retomar e concluir a construção do recinto do terreno no qual se erguem os edifícios do serviço sanitário.
  7. Gratidão:

Ao Senhor por seu amor forte e providente com que nos assiste a nós e ao povo destinatário do novo serviço Missionário.

As Superioras Maiores pela solicitude com que vem acompanhando o evoluir dos acontecimentos.

Ao empreendedor, Alexandre da Costa e seus colaboradores, pelo empenho, amor e fidelidade nas obras de construção.

Aos Freis Memo e Silvano pela importante presença vígil, iluminante, disponível, operativa.

Ao pessoal que desde o inicio vem acompanhando o evoluir e configurar-se do serviço assistencial com disponibilidade a toda prova.

 

Que a obra de serviços aos doentes glorifique o Pai que está nos céus.

 

Nhacra Teda, 02 de Abril de 2017

 

Ir. M. Valeria Amato

24 Aprile 2017 – Prima relazione del distretto sanitario 2015-2016.

Lascia un commento

Il tuo indirizzo email non sarà pubblicato. I campi obbligatori sono contrassegnati *